ÚLTIMAS NOTÍCIAS

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Guido

Oi gente, hoje aconteceu uma coisa que me inspirou de mais. Depois do curso eu fui tomar um café na casa de uma amiga com o pessoal do curso e ai um amigo nosso, chamado Guido, começou a contar a história dele sobre como ele veio pros Estados Unidos. Ele é Peruano e como muita gente ele tinha o sonho de vir pra ca e ter uma vida melhor aqui.

Pra começar a história, o Guido pagou aqueles Coyotes pra colocarem ele aqui dentro do país, os coyotes são os caras mafiosos que tem os esquemas super da máfia pra mandarem as pessoas pros Estados Unidos ilegalmente, as pessoas que não conseguem o visto. A primeira vez que ele tentou vir pra ca ele pagou por um passaporte falso, a polícia pegou ele no aeroporto e ele nem chegou e entrar no país direito, ele ficou 2 dias de custódia num hotel do lado sendo vigiado. Ele foi tentando conversar e dar uma enrolada nos policiais, ele disse que o pai dele mora no Peru e que ele veio só pra viajar e iria embora em breve, então os policiais resolveram ligar pro pai dele no Peru, mas o detalhe importante é, o pai dele estava morando em Nova york e não no Peru, ele estava vindo pra ficar também. Quando os policiais ligaram pra casa dele no Peru um primo antendeu e disse que o pai do Guido estava morando em NY, ai sem chance, mandaram ele de volta pra casa.

Pra voltar pro Peru ele decidiu ir fazendo conexões e não pegar um vôo direto, porque ai ele iria pro méxico e do méxico tentaria vir pra ca de novo, pagar mais pros coyotes. Mas, pra entrar no méxico ele precisava do visto, mais um rolo pra conseguir o visto até que ele conseguiu dizendo que só iria dormir uma noite no méxico, ele alegou que só queria entrar no país porque queria pegar esse vôo com conexão no México porque era um vôo mais barato, no dia seguinte ele pegaria o avião pro Peru e ia pra casa. Tudo bem, deram o visto pra ele.

O Guido ficou morando no México por 2 meses jutando dinheiro e ai foi atrás dos coyotes de novo. Dessa vez ele tentou vim de outro jeito, andando pelo deserto.

Tentando resumir a história pra vocês, eles fazem coisas do tipo viajar em um fundo falso de um ônibus por 8 horas deitados e um lugar fechado e escuro, sem muito ar pra respirar. As pessoas que vão nesse fundo falso vão de fralda porque não param, são 8 horas direto e se quiserem usar o banheiro faz na fralda. Antes de entrar no ônibus os coyotes falaram pra todo mundo entrar menos uma menina do grupo, eles queria abusar da menina, o Guido falou "como assim, ela é minha esposa", eles falaram que se fosse esposa mesmo era pra eles se beijarem, claro, o Guido beijou a menina pra ela não ter que passar por aqui, mas ele nunca tinha visto a menina na vida dele antes daquele dia.
Antes de chegar no deserto eles ficam todos numa casa que é tipo um cômodo grande sem móveis e dormer 100 ou 200 pessoas apertadas no chão até que no meio da noite o coyote aparece dizendo que é hora de ir pro deserto, que não tem polícia vigiando.
Eles andam por horas no deserto carregando garrafões de água e uma coisa que é tipo uma camuflagem, quando um helicóptero da polícia aparece eles usam isso pra se esconder até que o Helicóptero va embora e eles seguem andando.

Quando chega na fronteira os coyotes levantam o arame infarpado que divide os países e o grupo vai passando em silência. Tudo isso no meio da madrugada sem luz nenhuma no meio do deserto e cada um carregando o que pode. E a cada ponto que eles vão chegando os coyotes vão pedindo mais dinheiro, se você não pagar você fica pelo caminho, se ficar vivo. eles pedem cerca de 2 mil ou 3 mil dólares em cada ponto.

Depois que eles passam a fronteira ele entram em uma van, vão cerca de 25 pessoas em casa van mas não tem banco, eles tem que abrir as pernas, agaixar apoiados nas pernas e ai as pessoas vão entrando e vai encaixando uma na outra, e eles ficam nessa por duas horas. Consegue imaginar essa posição por duas horas com a coxa queimando de dor?
Essa van viaja totalmente apagada e quando eles avistam um carro da imigração pelo deserto o motorista tenta se esconder em alguma lugar, desliga o motor ou tenta sumir na escuridão, no meio das montanhas.
O Guido viu um carro da polícia passando e eles escapando na escuridão. Imagina a sensação deles desisperados, depois de passar por tudo correr o risco de ser pegos ali, quando já estão dentro país.

Depois dessa viagem de van eles pedem os últimos 2 mil dólares pra dar novos passaportes e documentos falsos pra eles viajarem pra cidade que eles querem ir. No caso no Guido, ele veio pra NY aonde o pai e o irmão estavam morando.

Hoje o Guido mora aqui a 11 anos e continua ilegal, ele sofre porque não pode fazer uma viagem de avião, não pode conseguir um emprego em um lugar bom e também não pode voltar pra casa pra visitar a mãe e o resto da família que ficou lá.

Queria muito vir aqui e contar isso pra vocês, esse blog não é só sobre dicas mas sobre experiências também e eu achei uma história muito interessante, mesmo sendo ilegal e etc. Realmente o que eles contaram na novela da Sol é verdade rs Esses coyotes existem mesmo, eles passam por coisas piores até do que mostram na novela. Muito legal ter conhecido uma pessoa que viveu isso na própia pele.

No final das contas ele pagou 13.500(treze mil e quinhentos) dólares pra chegar nos Estados Unidos. A cada ponto que eles chegama os coyotes pediam mais 2 mil, mais 3 mil, cada hora um valor diferente pra chegar no próximo ponto.

Espero que tenha dado pra entender tudo, tentei resumir o que ele me contou e a gente estava conversando em inglês, ele Peruano e eu Brasileira, inglês segunda língua, imaginem haha O que eu não entendia ele falava em espanhol ai eu pegava então deu certo.

No próximo post a história da Tamara, uma Ucrâniana que casou com um americano rico e veio pra ca. Diferentes história mas hoje está todo mundo aqui.

#VaiEscobar

Share this:

 
"Ao infinito e além"
Distributed By Blogger Templates | Designed By OddThemes